A importância de ser vitorioso


~ Quando percebo que tudo está indo bem, as vezes me vem um sentimento incômodo de que posso estar fazendo alguma coisa errada, também me lembro de quanta inveja desperto nos falsos amigos, em como o mundo está ruim e sinto esse desconforto.

Mas depois reflito melhor, contemplo a Consciência Divina que há em mim e a verdade sobre essa situação vem a tona.

Na verdade, passamos anos sendo doutrinados a ter vergonha de ser feliz, de sermos fortes e vencedores, no fundo as crenças mundanas nos jogaram a vida toda no ascetismo e para sermos fracassados, com seus ensinamentos desérticos de humildade forçada.

Mas, nós, homens nobres, honrados por nossa Consciência, não devemos dar ouvidos a essa lavagem cerebral inútil que sofremos durante toda nossas vidas.

Nós nascemos para sermos felizes, para sermos honrados e vencedores a nossa maneira. Não devemos dar ouvidos às doutrinas demoníacas que geraram todo esse mundo caótico mergulhado em tristeza, pobreza e decepções.



Não temos nada do que nos envergonhar, se tudo que temos é fruto de nossos trabalhos honestos e da manifestação da prosperidade de nosso Deus.

Deixemos os ensinamentos inúteis com quem se julga ser um inútil, um homem nobre vive para vencer, fazer coisas extraordinárias ainda que isso não seja muitas vezes perceptível para a maioria.

Lógico que o homem nobre também não cultua o apego ou a ambição sem sentido, nem se considera superior a ninguém baseado em riquezas, vitórias ou espiritualidade.

O homem nobre apenas vive sua vida e partilha sua vida, ele não tem nada com o que se envergonhar, ele é preparado para vencer, mas também sabe perder e se desapegar quando for necessário .

O homem nobre não cultua a ganância ou o desejo por riquezas sem que isso tenha um propósito, um sentido, uma aspiração maior dentro do seu caminho espiritual e para o bem de todos os seres.

Mas também não cultua a humildade forçada, a falsa humildade dos que se acham iluminados por serem fracassados, no fundo isso também é uma pura vaidade e desejo de se vangloriar.



Então, caros nobres, não se envergonhem de serem vitoriosos e vencedores, nossa Consciência não nos chamou para sermos fracos, mediocres, mas para evoluirmos dia a dia e atingirmos o patamar de nobreza de que já foi plantado em nossas almas desde o princípio.

É nosso direito e dever natural sermos felizes e abençoados e não temos nada do que nos envergonhar nunca, se sempre andarmos no caminho da nobreza e da retidão.

Aisi ~



allanism@allanism.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com