A importância da limitação

 



Nessa época atual ouvimos diversas mensagens de como é importante romper os próprios limites, buscar ser o melhor em tudo, o mais rico, mais bem sucedido, mais bonito, mais famoso etc

Mas, em nossa filosofia temos um conceito diferente sobre a limitação, um dos ditados mais estimados que temos é "a fartura provém da necessidade", sendo a necessidade aqui uma metáfora para o que não existe no mundo físico, no caso, de que tudo provém da fonte eterna e espiritual, de nossa Divindade.

Mas, nossa filosofia também nos ensina a transcender, a evoluir e melhorar a nossa realidade, em outras palavras o allanism nos ensina a nos tornamos pessoas melhores, e mais bem sucedidas também.

Como então conciliar isso com o conceito de limitação?

A limitação consiste em saber que tudo há um limite e de que não devemos forçar além do que nos é permitido.

Por exemplo, você não precisa se tornar o homem mais rico do mundo, se seu único objetivo na vida é esse, você está indo além do que é razoável.

Sua empresa não precisa ser a maior do mundo, você não precisa destruir seus concorrentes e seu país ou império não precisa de guerras por mais terras.

Tudo isso não te trará mais felicidade, nem mais paz, você vai morrer em breve e de nada te adiantará todas essas conquistas.

A limitação nos ensina isso, a focar no que é realmente importante, mas aqui não temos um discurso hippie ou de romantização da pobreza, não interprete dessa forma, você deve lutar pelos seus sonhos e pelo seu sucesso, mas sempre lembrando que deve haver um limite, na verdade um autolimite.

Vamos a um exemplo simples, você já deve ter percebido que algumas pessoas que praticam fisiculturismo ou mesmo pessoas que fazem cirurgias plásticas para ficar mais fortes ou atraentes, e que algumas dessas pessoas acabam perdendo o limite, e muitas dessas pessoas se tornam verdadeiras aberrações ou mesmo prejudicam seriamente a saúde e algumas até morrem.

Isso acontece porque essas pessoas não foram ensinadas à se impor limitações, o que é fácil de entender devido à propaganda de que "Você pode tudo, rompa seus limites, vamos ao extremo". Mas, qualquer extremo traz consequências.

Em nossa filosofia aprendemos a lutar, a nos esforçar e vencer, mas também aprendemos o limite, e o momento quando é necessário parar, desacelerar e viver em harmonia.

Nem mesmo queremos ser os mais iluminados ou santos, só queremos ter vidas simples, honestas e boas, sem fazer mal a ninguém e sermos bons cidadãos, talvez por isso também não nos importamos em ser uma grande religião ou ter os maiores templos, todas essas coisas são banais e não significam nada aos olhos do Eterno.

O que importa mesmo é viver em harmonia seguindo nosso caminho evolutivo, nos aperfeiçoando e ensinando a quem está disposto a aprender, esse é nosso caminho, nossa limitação nos limita em nossa vida material e existencial aqui nessa realidade, mas nos fortalece nas dimensões espirituais da Consciência.

Fiquem todos na harmonia e na sabedoria.

Aisi~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com