Reforma da Previdência, nossa luta por liberdade

Hoje começamos uma campanha por liberdade e ressarcimentos dos prejuízos que sofremos por erros políticos de um sistema incompatível com a liberdade e felicidade de seus cidadãos.



Sabemos que a função de um estado é proteger e resolver conflitos num determinado território, também deve ser a manutenção imaterial de uma nação e um povo.

Mas o que acontece quando o estado passa a fazer o contrário e amordaça o seu povo num sistema de prejuízos sem precedentes?

Em casos assim, nossa função é lutar pacificamente para que o estado volte a sua verdadeira função que é zelar pelo FiB (Felicidade Interna Bruta) de seus cidadãos.

Uma das formas disso acontecer é acabar com o monopólio estatal obrigatório da previdência. Por isso iniciamos essa campanha para que a reforma da previdência brasileira se torne opcional.

Nosso plano é pautado na liberdade, responsabilidade individual dos cidadãos e se baseia em três escolhas:

1 O trabalhador pode optar por continuar no INSS normalmente

2 O trabalhador pode escolher e contratar um plano de previdência privado oferecido por alguma instituição bancária

3 O trabalhador pode decidir sair fora da previdência oferecida pelo INSS, e assim receber seu salário integral pra fazer o que desejar com seu dinheiro.

Bem como ser ressarcido por todo dinheiro que está preso de maneira forçada no INSS. O mesmo deve ser feito com o FGTS.

Essa campanha é apenas o começo de nossa luta pra que o estado volte a ter sua função primordial que é proteger seus cidadãos respeitando a liberdade e responsabilidade individual.

Também estamos à disposição do governo federal caso queira ouvir uma solução melhor e definitiva pros problemas da previdência de nosso país.

Grato,

Ricardo R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com